Amaro Xerém

Zeca Pagodinho

Compositor: Caetano Veloso

No alto brilha um
Risco raro
Que passa do mal ao bem
Por cima formando
Um aro
Por baixo
Um trilho de trem

De Guadalupe ao Amparo
De Xerém a Santo Amaro
De Santo Amoro a Xerém
O que passa
É mais que claro
É todo mundo e é ninguém

Do generoso ao avaro
De Gaza a Jerusalém
Do bem barato
Ao bem caro
De Xerém a Santo Amaro
De Santo Amaro a Xerém

Aí amor amor amaro
Aí cheirinho de Xerém
Ai amor — paro
Ai amor — vem
Com você nada comparo
Aquele seu vai-e-vem

Quando eu todo me descaro
Do Leblon a Buranhém
Desculpe o meu
Despreparo
De Xerém a Santo Amaro
De Santo Amaro a Xerém

Por essa luz eu disparo
Sem repetir nhenhenhém
O Brasil é que é meu faro
Levaremos tudo além
É no samba que eu preparo
De Xerém a Santo Amaro
De Santo Amaro a Xerém

Aí amor amor amaro
Aí cheirinho de Xerém
Ai amor — paro
Ai amor — vem
Aí amor amor amaro
Aí cheirinho de Xerém

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital