A Vida Que Segue

Zeca Pagodinho

Compositor: Serginho Meriti

Como tantos outros tais
Nem menos nem mais
Pois crianças são iguais
Em qualquer comunidade pobre
Pra sobreviver
É preciso sorte, muita sorte
É preciso ter coragem e sobretudo muita fé em Deus

Pra conseguir, eu vim de lá, sei como é
Se ninguém der a mão, a gente fica a pé
Num lugar onde tudo é difícil demais
O que a gente não faz, vai ficar por fazer
E ficar por fazer é deixar o pior... Acontecer

Fazer o que, xará? É a vida que segue
É tanta luz que nasce na escuridão
Mas se eu consegui, você também consegue
Consegue sim, o impossível é possível, por que não?

Por que não?
Você pode nascer na ralé, simplesmente um qualquer
Mas não ser qualquer um pelo mundo sem ter direção

Por que não ? Você pode sim, por que não?
Se quiser você pode parar de beber, de fumar
E adotar um bebê pra crescer e salvar a nação

Por que não? Você pode sim, por que não?
Você pode voltar a estudar, pode até se formar
Encontrar seu rumo, o seu ramo, sua profissão

Por que não? Você pode sim, por que não?
Encontrar a pessoa ideal, o amor da família
Morar numa ilha e ser o seu próprio patrão

Por que não?
Todo mundo é igual, pode sim
Eu também vim de lá e venci na moral
Apesar de ser
Como tantos outros tais
Nem menos, nem mais

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital